" />

Dionísio Baixeras – a arte naturalista catalã

Especializado em dar vida às cenas cotidianas através do óleo sobre tela, Dionísio Baixeras foi um pintor e desenhista espanhol naturalista. Obteve certo sucesso comercial devido à característica realista e minuciosa com que pintava os seus quadros. A maioria de suas produções é composta por paisagens e paisagens marítimas concebidas para ser o mais real possível e captar a essência do que se estava sendo observado.

Dionís Baixeras i Verdaguer nasceu em Barcelona, Espanha, em 23 de junho de 1862. Aos 15 anos ingressou na Escola de Belas Artes de Barcelona, onde teve a oportunidade de estudar com pintores como Augustín Rigalt, Martí Alsina e Antonio Caba.

Integrou o grupo San Lucas Art Circle, associação criada por proeminentes artistas modernistas catalães e que pregava uma prática artística em conformidade com os preceitos católicos. Em 1882 participou de uma competição para decorar o salão principal da Universidade de Barcelona, sendo que três de seus trabalhos foram escolhidos para o projeto.

Aos 24 anos Baixeras partiu de sua terra natal para uma temporada de 4 anos em Paris. Na cidade francesa, encantou-se pelo realismo camponês de Jean-François Millet e Jules Bastien-Lepage e de volta à Espanha dedicou-se em produzir pinturas de natureza histórica e alegórica. Nutria uma paixão inveterada pelos temas rurais e marinhos, sendo estes temas recorrentes em seus quadros.

Em 1886, ano em que chegou em Paris, Baixeras fez a sua estreia internacional no Salão de Paris onde exibiu a tela Barqueiros de Barcelona e que foi vendida ali mesmo para um magnata de Nova York. Além desta, outras obras famosas de Dionísio Baixeras incluem Abd al-Rahman III Recebendo o Embaixador na Corte de Córdoba e Alphonse X, o Sábio com seus Colaboradores.

O trabalho de Baixeras ganhou uma notória popularidade, o que lhe permitiu expor com frequência no Salão de Paris, em Barcelona e exposições coletivas como a Exposição Universal de Paris e Exposição Internacional de Buenos Aires. Além disso, conseguia vender muitos de seus quadros com a ajuda de Antonio Blanch. O artista catalão faleceu em 1943, em Barcelona.

 

Acesse a pasta de exercícios de Dionísio Baixeras no Pinterest: https://br.pinterest.com/thaisslaski/arte-mat%C3%A9rias-do-site/dion%C3%ADsio-baixeras/

 

Crédito Imagens:

https://es.m.wikipedia.org
https://www.enciclopedia.cat
http://www.artnet.com
Compartilhe com seus amigos