" />

Luiz Zerbini – Geração 80 da arte brasileira

Luiz Zerbini é um dos principais representantes da Geração 80 da arte brasileira e tem um vasto trabalho reconhecido e premiado nacionalmente. O artista multimídia participou de diversas exposições individuais e coletivas e possui obras em importantes coleções públicas como Museu da Arte Moderna do Rio de Janeiro, o MAM de São Paulo e Inhotim.

Nascido em 28 de abril de 1949, em São Paulo, Luiz Pierre Zerbini começou a ter aulas de pintura ainda criança com Van Acker, depois incluiu em seus estudos a fotografia e aquarela. Também cursou Artes Plásticas na Fundação Armando Alvares Penteado. 

Na década de 1980 mudou-se para o Rio de Janeiro onde trabalhou como cenógrafo e ator no teatro Asdrúbal Trouxe o Trombone e também fez algumas apresentações em bares ao lado da atriz e apresentadora Regina Casé, com quem foi casado. Os primeiros trabalhos de Luiz Zerbini foram pinturas, contudo ele também se dedicou a criar esculturas, vídeos, desenhos e fotografias.

Artista versátil, Luiz Zerbini se expressa através de uma obra figurativa que mescla elementos abstratos e realistas em cenas domésticas, urbanas e paisagens naturais. Não raro em suas produções são encontradas figuras geométricas e ilusões ópticas que levam o expectador a um estado profundamente contemplativo. Tudo isso, combinando uma paleta de cores ricas, vibrantes e luminosas.

Sua primeira exposição individual foi em 1982 na Casa do Brasil, em Madri, na Espanha e desde então seu nome figurou em diversas exposições nacionais e internacionais, como a 19ª Bienal Internacional de São Paulo. Em 1995, o artista foi premiado na categoria de artes visuais da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

Em 2010, Luiz Zerbini ilustrou uma edição especial do livro Alice no País das Maravilhas, lançado pela extinta editora Cosac Naify. O artista dedicou-se ao trabalho por nada menos que três anos e utilizou-se de cartas de baralho, colagens e tesoura para criar 31 ilustrações memoráveis.

Junto com os artistas Barrão e Sergio Mekler, Luiz Zerbini criou o grupo multimídia Chelpa Ferro que se dedica a produções artísticas contemporâneas, fazendo justaposições de elementos sonoros e visuais nas instalações em que as obras são exibidas.

Fonte: Amor Lugar Comum, Luiz Zerbini, editora Cosac Naify

Para conhecer mais obras do artista acesse a pasta que criamos: https://br.pinterest.com/thaisslaski/arte-matérias-do-site/luiz-zerbini/

Compartilhe com seus amigos